011

Visita técnica Nefroclínica D’Heronville

Acadêmicos dos 7º e 9º períodos de enfermagem da FACTU, sob supervisão da professora e enfermeira Luciene Lourenço Mota (na disciplina de Enfermagem em UTI) realizaram visita técnica à Nefroclínica D’Heronville de Unaí. O objetivo da visita foi conhecer os serviços prestados à população pela Instituição, bem como o trabalho do enfermeiro no atendimento à pessoa portadora de Insuficiência Renal Crônica.

A Nefroclínica de Unaí é uma instituição privada que presta serviços ao Sistema Único de Saúde (SUS) regional em caráter complementar (conveniada ao SUS), sendo referência técnica de alta complexidade na área para os municípios pertencentes à Microrregião de saúde de Unaí. Observou-se que a nefroclínica funciona em dois turnos de trabalho diários, entre os horários de 06:00 a 15:00 horas, durante seis dias da semana (segunda a sábado), recebendo usuários com insuficiência renal crônica de vários municípios da região, em média 98 usuários. É um serviço de alta complexidade (atenção terciária) e diversas são as responsabilidades administrativas e assistenciais do enfermeiro, conforme apresentado pela enfermeira e Responsável Técnica Maria do Carmo Mendes Magalhães, incluindo: acompanhamento do paciente durante a terapia de hemodiálise, coleta de sangue para realização de exames, auxílio ao médico durante implantação de catéter central para hemodiálise, consulta de enfermagem, elaboração e acompanhamento de POP (procedimento operacional padrão), treinamento de equipe e confecção de escala de enfermagem, provisão de material de consumo durante para a terapia, acompanhamento de paciente quando ocorrem intercorrências clínicas durante a terapia de hemodiálise, controle da água utilizada na Instituição nos procedimentos terapêuticos e esterilização de material, entre outras atividades. A equipe que trabalha na Nefroclínica é multidisciplinar, sendo composta por: médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, psicóloga, nutricionista e assistente social.

Durante a visita pode-se acompanhar também procedimentos de enfermagem específicos de acesso à fistula para a realização da hemodiálise, bem como esterilização do capilar após uso na máquina de hemodiálise. Durante a visita os acadêmicos também tiveram a oportunidade de conversar diretamente com diversos pacientes que fazem uso da hemodiálise e que relataram seus históricos aos acadêmicos. Ressalta-se que os dois enfermeiros, incluindo a RT Maria do Carmo, são egressos da primeira e segunda turma de enfermagem formada na FACTU. A partir da visita técnica os acadêmicos puderam relacionar conhecimentos aprendidos na disciplina e a aplicação prática dos mesmos. A visita técnica foi de suma importância pois possibilitou a ampliação do conhecimento dos acadêmicos, bem como ressaltou a importância para a prevenção da Insuficiência Renal, principalmente nas pessoas portadoras de diabetes mellitus e hipertensão arterial.

001 002 003 004 005 006 007 008 009 010 011 012 013 014 015 016 017 018

Deixe um Comentário...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *