005

Colaboradores e diretor geral da FACTU visitam Vale da Eletrônica

O Diretor Geral da FACTU Adalberto Lucas Capanema, a Coordenadora do Curso de Administração Lidiane Campos dos Santos, a Coordenadora do Curso de Direito Mariel Rodrigues Pelet e a Secretária da Direção Geral Andréia Caetano Teixeira, em parceria com o Sebrae e outras Instituições, visitaram no dia 07 de novembro a cidade de Santa Rita do Sapucaí no sul de Minas, com apenas 40 mil habitantes, é conhecida como Vale da Eletrônica, polo empreendedor em tecnologia com uma concentração de empresas do ramo que supera qualquer outra cidade da América Latina. O vale mineiro coleciona casos de sucesso, como o desenvolvimento da urna eletrônica usada nas eleições brasileiras, do chip do passaporte eletrônico, do sistema brasileiro de TV Digital, além de potências que nasceram e cresceram ali, como a DL, que hoje lidera o mercado de tablets no Brasil, na frente de Apple e Samsung, com um produto para a classe C e D. No total, são 160 empresas de tecnologia, entre startups e indústrias. A história do polo teve início com Sinhá Moreira, que apostou em uma ideia futurística para a época e deu origem à primeira escola de eletrônica da América Latina. Foi o ponto inicial disso tudo, em meados do século passado. Nos anos 60, foram criados o Inatel, uma potência em engenharia, e a FAI, com ensino em gestão e computação. Em seguida, vieram as incubadoras e a consolidação do polo de industrias de alta tecnologia. Foi quando o Vale da Eletrônica ganhou notoriedade internacional.

Todos esses programas pioneiros se mantêm em constante reinvenção, e hoje se misturam a eventos e programas de empreendedorismo e inovação. Uma das principais formas de uma região ser tão bem-sucedida quanto Santa Rita é unindo forças. Instituições públicas e privadas têm grande potencial para pensar em soluções onde todos ganham, além de trazer recursos.

Deixe um Comentário...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *